Assinatura RSS

Arquivo da categoria: Comportamento

30 dias de roupa nova: moda, comércio e estilo no Maior São João do Mundo

Publicado em

Apresentação: Esta reportagem foi feita à várias mãos e produzida originalmente para o projeto Repórter Junino, do curso de Comunicação Social (habilitação Jornalismo), da Universidade Estadual da Paraíba, onde sou professora. O projeto é desenvolvido todos os anos no período junino para celebrar jornalisticamente esta que é a maior festa popular do Nordeste, comandado pelo professor Fernando Firmino. Resolvemos publicar o material na integra por aqui também para divulgar ainda mais esse trabalho, do qual temos muito orgulho. Um exercício que mostra, dentre outras coisas, que é possível produzir conteúdo jornalístico de moda com qualidade. Parabéns à equipe, que está creditada no final do post. Boa leitura!

Foto: Emanuel Messias

Foto: Emanuel Messias

Quem anda pelos caminhos do Parque do Povo nesses dias de festa não pode deixar de reparar no visual caprichado de homens, mulheres e até mesmo crianças. E não é só nos grandes centros que isso se percebe, em comemorações de bairro e em cidades pequenas, festa de rua significa roupa nova. Para a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), os festejos juninos representam um aumento nas vendas de cerca de 30% em relação ao mesmo período do ano passado.

O São João de Campina Grande trouxe consigo uma grande expectativa de vendas na linha de roupas e acessórios. “É nesta época em que a população de Campina Grande costuma procurar com maior intensidade as lojas de roupas, calçados, alimentação e também serviços como salões de beleza e postos de combustíveis”, diz Hilton Motta Filho, presidente da CDL. A vendedora Vanessa afirma que esse aumento se compara às vendas do período Natalino, sendo os dois melhores períodos de comércio. Para os clientes, a vaidade é o fator que mais contribui para esse aumento. “A aparência é importante, onde chegamos as pessoas nos definem e julgam de acordo como estamos vestidos, é bom estar bem vestido para transparecer uma boa imagem”, diz a estudante Karolyne Cartaxo.

É feito um alto investimento nesse comércio nessa época. Uns compram por necessidade, mas, a grande maioria está alimentando sua vaidade, inclusive os homens. Atualmente não só as mulheres estão gastando em vestuário. O comprador Igor Silveira, 22 anos, acha que os homens se importam sim com as vestimentas, mesmo muitos não admitindo esse interesse. São as festas juninas promovendo a moda e o comércio da região.

P&B e Top Cropped são os grandes hits do São João

Como acontece nos grandes desfiles de moda, as ruas do Parque do Povo ficam cheias de tendências durante o período junino. Este ano não está sendo diferente, e algumas modas queridinhas das mulheres fazem a cabeça e os pés das frequentadoras da festa. Desta vez, o binômio preto e branco aparece por todos os lados, acompanhado dos top croppeds e de sapatos de salto flutuante. A dupla formada pelo preto e pelo branco vem de forma moderna e é vista em todos os lugares, “seja com listras ou em quadriculados, em outras estampas, ou então em um look como um todo” como aponta a consultora de moda Ceicinha Figueiredo.

Mas não se deve deixar levar por essa tendência sem antes analisar se ela serve para você. Mesmo sendo uma moda clássica e democrática, existem as suas exceções. Calças listradas, por exemplo, para meninas de quadril largo, por mais que sejam listras verticais, que têm tendência a emagrecer, acabam destacando os volumes, ou seja, deve haver moderação no uso desse duo, como explica a consultora.

Looks em P&B montados por Ceicinha Figueiredo na loja Hering

Looks em P&B montados por Ceicinha Figueiredo na loja Hering

O preto e branco foi eternizado pela estilista Coco Chanel – que foi a responsável pela grande revolução no vestuário feminino em meados da década de 1920 – principalmente por meio das estampas conhecidas por pied-de-poule e pied-de-coq, que ficaram famosas no mundo todo. Pied-de-poule, que é a estampa menor, traduzido do francês seria pé de galinha, e ganhou esse nome por realmente parecer uma pegada de galinha, enquanto o pied-de-coq, a estampa maior, é pé de galo, por parecer uma pegada de galo. Ou então nas listras, que tanto gostava.

Pied-de-poule, a estampa menor

Pied-de-poule, a estampa menor

Pied-de-coq, estampa maior

Pied-de-coq, estampa maior

Coco Chanel usando listras

Coco Chanel usando listras

E no Parque do Povo, algumas mulheres usando as listras.

Fatima Feitosa, Mari Oliveira, Andreza Lima e Simone de Almeida usam a tendência

Fatima Feitosa, Mari Oliveira, Andreza Lima e Simone de Almeida usam a tendência

Luana Larissa, Ana Luiza e mãe e filha, Patrícia e Evillyn

Luana Larissa, Ana Luiza e mãe e filha, Patrícia e Evillyn

Outra tendência que está ocupando a cabeça das mulheres no Parque do Povo é o Top Cropped. Popularizado nos anos 90, volta agora com uma diferença: não se mostra o umbigo. A peça atual consiste em um top ou blusa curta, usado com calça, saia ou shorts de cintura alta, cobrindo o umbigo, para não parecer vulgar. É uma grande aposta do verão 2013 por causa do nosso clima, e deve ser usado em lugares informais. Vai bem também com saltos, que deixam a produção mais elegante.

 

As estudantes Larissa Gomes e Thayla Brenda Silva usaram Top Cropped no Parque do Povo

As estudantes Larissa Gomes e Thayla Brenda Silva usaram Top Cropped no Parque do Povo

Gabriele Rocha decidiu usar Top Cropped e listras P&B em um único look

Gabriele Rocha decidiu usar Top Cropped e listras P&B em um único look

Salto fantasma, será que essa moda pega?

Você já pensou em usar um sapato de salto alto, mas sem o salto? Sim, isso existe, e se chama salto phantom ou salto fantasma. Queridinho de várias fashionistas ao redor do mundo, o salto fantasma consiste em um sapato sem salto, mas com uma meia-pata avantajada e surgiu em 2001, quando Antônio Berardi criou sapatos sem salto aparente. Mas a sua popularização só aconteceu realmente dez anos depois, em 2011, quando a excêntrica cantora Lady GaGa usou sapatos criados pelo designer japonês Noritaka Tatehana, que chegavam a 25 centímetros de altura. Apesar de parecer o contrário, quem usou afirma ser super confortável.

Lady GaGa com alguns dos seus saltos fantasmas

Lady GaGa com alguns dos seus saltos fantasmas

Salto phantom de Giuseppe Zanotti

Salto phantom de Giuseppe Zanotti

Natália com seu look de oncinha e sapato de salto fantasma

Natália com seu look de oncinha e sapato de salto fantasma

Por aqui, nas noites de São João do Parque do Povo, já têm mulheres usando a tendência. Entre elas, a empresária Natália Jordania, que também estava usando a atemporal estampa de oncinha, no vestido e na bolsa. Mas, e aí, será que veremos – ou não – mais vezes o fantasma nos pés campinenses? Ou essa é uma moda passageira? Quem viver, verá!

Espaço para o tradicional

 

Em meio a tantas tendências, ainda há espaço para o uso dos tradicionais looks que incluem a famosa estampa xadrez e a bota. Em vários estilos e variações, homens e mulheres não deixam de usar esses símbolos das festas juninas. A estudante Anne Vasconcelos e o namorado Carlos de Souza Aragão foram juntos para a festa junina trajando blusa xadrez, calça jeans e bota: ela num estilo mais romântico de salto e ele num estilo mais vaqueiro. “A gente se sente confortável com esse tipo de roupa, é a época do ano em que a gente mais pode usar. Essas peças ficam guardada o ano todo esperando o São João chegar”, afirma Anne.

Mas não é preciso ir fantasiado de festejos juninos para usar essas peças. O xadrez, em especial, já virou um clássico da moda e vai bem com praticamente tudo. Veja algumas dicas de produções para essa estampa e aproveite as peças que você tem em casa para curtir o restante das festas de São João.

Foto_Matéria2_xadrez_Looks para noite

Foto_Matéria2_xadrez_Looks de dia

 

Reportagem: Ivan Andrey, Bruna Neves, Káio Lenno Araújo e Agda Aquino

Edição: Agda Aquino

Fotos: Ivan Andrey, Káio Lenno Araújo e Jéssica Oliveira

Produção de moda: Ivan Andrey e Rosemere Marinho

Conheça os vestidos inspirados em Star Wars

Publicado em

Ok, ok, eu assumo meu lado nerd ao fazer esse post. Mas é que eu adoro falar de inspirações diferentes relacionadas à cultura pop, vocês sabem. Pois dessa vez eu descobri o trabalho de Crissy Baker, do Texas, EUA. Ela faz vestidos, acessórios, lingeries e outras coisas inspiradas em filmes, desenhos, quadrinhos e tudo mais do mundo nerd. Ela vende suas criações na Nerd Alert Designs, na Etsy, e recentemente publicou sua mais nova linha de vestidos inspirados nos personagens da série de filmes Star Wars!

Os vestidos são lindos e alguns podem perfeitamente serem usados no dia a dia, outros só numa festa a fantasia mesmo. A coleção inclui modelos inspirados nos personagens Han Solo, R2-D2 e Darth Vader e ainda alguns muito fofos estampados com vários personagens da saga. Além desses, também há alguns vestidos que seguem mais o estilo fantasia, inspirados na criatura do gelo Wampa e nos ewoks, que são feitos de pelúcia.

Para quem tiver interesse, os preços dos vestidos variam de US$ 70,00 a U$ 150,00, dependendo do modelo, e todos eles e algumas outras criações de Crissy podem ser comprados na página da loja na Etsy. Que dá vontade de ter pelo menos um, isso dá. O meu look preferido é o segundo abaixo, com a camisa tomara-que-caia com estampa de um dos meus personagens preferidos, o R2-D2.

Vi no GN.

Jornal feito com bordado quer mostrar durabilidade das notícias

Publicado em

Você já pensou fazer um jornal com bordados? Pois sabia que este foi o trabalho de conclusão de curso de pós-graduação da designer belga Ashley Noben. Elapassou um ano pesquisando notícias relevantes e fez um jornal bordado de 18 páginas feito à mão. A ideia de Ashley era eternizar as notícias, fazer um paralelo entre o efêmero das notícias e duradouro dos bordados. Trabalho muito bacana para proporcionar uma reflexão sobre a não breviedade do trabalho manual na contra-mão do fast-fashion, as peças compradas para serem usadas poucas vezes ou até mesmo uma só. O que é melhor? Menos peças por mais tempo ou muitas peças descartáveis? Quantidade ou qualidade? Eu já fiz minha escolha, e você?


Ví no IdeaFixa

Veja documentário exclusivo sobre a indústria da moda de luxo

Publicado em

A dica de hoje é para quem gosta de ficar de olho no rola na moda de luxo internacional. A revista Haper’s Bazaar acaba de lançar um mini-documentário que fala, dentre outras coisas, sobre os bastidores desse universo. Com imagens belas, edição caprichada, muitas entrevistas e fotos de tirar o fôlego, o material está disponível para visualização na internet. O documentário se chama BEING BAZAAR está hospedado no MUBI.

Dentre outras coisas, o vídeo mostra que a moda está em constante evolução e adaptação. Apresenta também um pouco da moda de mega-estrelas e grandes talentos do setor e bastidores exclusivo de indústrias mais glamourosas do mundo. E ainda deixa uma mensagem final: de que a moda quer na verdade é fazer todo mundo feliz. Será? O vídeo tem 20 minutos e pode ser assistido online nesse link aqui. Ah! É em inglês, tá?

Blog paraibano relata o universo da beleza plus size

Publicado em

Trazemos hoje por aqui uma dica de blog super bacana que mergulha de cabeça no universo das mulheres e homens que cultivam a beleza com formas fora do comum. É o Paraíba Plus Size, criado e atualizado por Berlanya Brito. Por lá é possível encontrar dicas de beleza, roupas e tudo que envolve esse mercado que cresce a olhos vistos. Lá vocês irão encontrar entrevistas com algumas plus, dicas, enfim… fazer o movimento plus da paraíba crescer! O mais importante de todo esse movimento pela valorização de diferentes belezas é sair da proposta cruel do mercado de moda de hoje e mostrar que corpos mais realistas também são belos.

Cheirinho de banho o dia todo: conheça os novos sprays corporais da linha Natura Tododia

Publicado em

Se tem uma coisa que eu amo é produtos cheirosos. Sabonetes, hidratantes, perfumes e Cia fazem parte do meu cotidiano, sou louca por eles. E foi em meio a amigos e a um belo almoço que encontrei a novidade do mercado que fez meus olhinhos brilharem. A Natura apresentou na última quarta-feira (dia 08/08) seus mais novos produtos: os Sprays Corporais Perfumados da linha Tododia. Eles seguem os mesmos aromas de três famosos hidratantes e derivados da linha: Algodão, Frutas Vermelhas e Macadâmia. Durante o encontro passamos por uma espécie de “workshop” sobre como se dá o desenvolvimento e a composição das fragrâncias, as notas que compõem os compostos e ainda as diferenças de durabilidade e de sensação de algumas delas. O evento foi realizado em Recife e fechado para jornalistas convidados. Da Paraíba foram sete profissionais de portais, jornais, TVs e blogs.

A proposta da Natura é investir no aroma, nos hábitos e nas características do povo brasileiro como diferenciais de mercado. Ela se fixa no conceito de leveza e bom humor brasileiros para desenvolver o novo produto, inédito no mercado brasileiro. A arte de se descobrir, de plantar a semente da reflexão, de colocar valor e propósito nas nossas rotinas de diárias são pensamentos que envolvem a concepção do Spray Corporal, que procura vincular prazer e presença constante na vida de quem se cuida.

Por seguirem os aromas de hidratantes já consagrados na marca, eles facilitam a vida de quem não gosta de usar produtos com vários cheiros diferentes (como eu). Agora dá pra usar sabonete, desodorante, hidratante e perfume com o mesmo aroma. Eu também aprendi nessa incursão olfativa que dá para usar junto produtos que tenham aromas diferentes, contanto que sejam da mesma família de aromas. Mas entender essa dinâmica são outros quinhentos…. pelo menos para mim, rssss… A boa notícia é que vou ter como experimentar e testar, já que os participantes ganharam um kit com um de cada spray, uma linda necessaire em tecido de toalha e uns sachês aromatizados, um mimo.

Outras curiosidades que marcaram o dia para mim foi entender que os perfumes não têm fixador (o que faz o perfume ficar mais ou menos tempo na pele são as notas de aroma que são colocadas nele), que o cheiro de café NÃO neutraliza os aromas do seu nariz quando está cheirando vários (pelo contrário, mais atrapalha do que ajuda) e que realmente o cheiro da pele interfere no perfume. Também foi curioso saber que uma nova fragrância demora em média de um a três anos para ser desenvolvida, às vezes até mais. Gostei ainda de saber que a principal diferença entre os sprays, as águas de colônias e os perfumes está na concentração da fragrância: na primeira a porcentagem dela é de 5 a 7%, já no perfume ele pode chegar a 20%. Isso influencia diretamente na durabilidade do aroma na pele, mas não só isso, nas suas notas predominantes também.

Serviço

No caso dos novos sprays da linha Natura Tododia, o destaque do aroma fica por conta da explosão de frescor que promete durar de 4 a 6 horas. Os produtos estarão disponíveis para venda a partir de setembro e custam R$ 34,00 cada. O meu preferido é o de Algodão (eu uso muito o hidratante, acho que estou acostumada). Ele tem um cheirinho mais floral refrescante, com pitadas cítricas, de lavanda e baunilha, além de musk, sândalo e um pouco de notas amadeiradas. Já o spray corporal perfumado de Frutas Vermelhas é o mais adocicado dos três, com presença de aromas de morango, pêra, ameixa, maçã, pêssego, cassis, laranja, rosa, musk e sândalo. O último porém não menos saboroso é o de Macadêmia, também flora, com tons de laranja-cravo, abacaxi, limão, noz moscada, violeta, pêssego, musk, cedro e outros aromas deliciosos. Difícil é escolher um!

O Brasil e os perfumes

O mercado brasileiro de perfumaria cresce de forma impressionante. Segundo dados da empresa, a ascensão econômica pela qual a população vem passando nos últimos anos influenciou diretamente no consumo de perfumes e fez o país se posicionar no topo da lista de maiores consumidores desse produto no mundo, passando países como China e França. O mercado corre atrás desse crescimento com lançamento de novos produtos todos os dias. Em 1985 eram 100 novas fragrâncias por ano, em 2011 esse número pulou para mais de mil anualmente. Ainda segundo a Natura, tanto homens quanto mulheres compram perfumes, só que elas consomem produtos em maior quantidade e valores mais baixo enquanto os rapazes em geral apostam mais em produtos únicos de valor mais alto. Quanto aos aromas, o preferido da mulher brasileira é o floral, mas ele vem perdendo espaço para frutais e adocicados. Já no universo masculino o topo da preferência é ocupado pelos aromas de ervas, seguido de perto pelos amadeirados.

No Nordeste parece que esse crescimento é ainda maior. Por aqui não basta apenas ser limpinho, a gente tem que cheirar como limpinho também. O clima ajuda a tomarmos também mais banhos por dia do que a média brasileira e caprichar mais nos perfumes. É aí que entra a sacada dos Sprays Corporais, que vêm com a proposta de serem acrescentados aos hábitos diários de banho cotidianos, além de serem práticos para levar na bolsa e reaplicar durante o dia. É, a gente não é só limpinho, a gente é cheirozinho também.

PS: Este NÃO é um post publicitário. Não há envolvimento de $$$$. Espero que vocês gostem de verdade como eu gostei.

Moda do cangaço! Ontem, hoje e sempre

Publicado em

Nem só de tendências vive o mundo da moda. A pesquisa histórica sobre modos de vestir de grupos distintos é uma parte importante dessa área e acaba servindo de ferramenta para ajudar a contar um pouco da história das culturas onde essas modas estão inseridas. Esse é o caso do livro de luxo lançado pelo historiador Frederico Pernambucano de Mello (uma verdadeira autoridade no assunto): Estrelas de Couro – A Estética do Cangaço. Uma obra minuciosa, com 258 páginas repletas de fotos raras e de imagens das cerca de 160 peças da coleção particular do autor. É a primeira vez que um livro faz um levantamento profundo e detalhado sobre a vestimenta dos homens e mulheres cangaceiros. O prefácio do livro é escrito por ninguém menos que Ariano Suassuna. É certamente uma das melhores aquisições da minha biblioteca fashion. É uma obra é da Editora Escritas e é relativamente cara para o bolso do brasileiro, custa em média R$ 150,00, mas vale cada centavo. É repleto de imagens coloridas, tem as bordas das páginas pintadas em prateado, aplicação de tecido na capa e fotos históricas de página inteira, além do conteúdo incrível, claro. Não é a toa que o livro foi finalista do Prêmio Jabuti 2011 nas categorias Produção Gráfica e Ciências Humanas.

Os detalhes mostrados pela obra ajudam a explicar muita coisa do jeito nordestino de ser. Enquanto os bandoleiros tradicionais vestiam trajes de cores escuras e se escondiam da polícia, os cangaceiros tinham orgulho do traje, se enfeitavam com anéis, medalhas, lenços coloridos, bordaduras, chapéus de couro com estrelas e moedas, e muitas peças chamativas. Sem dúvida uma opção estética rica, peculiar e original, que ajuda a dar origem à imagem um tanto mística que o cangaceiro criou ao longo do tempo.

Você sabia, por exemplo, que Lampião andava pelo sertão nordestino com máquinas de costura de ferro para poder fazer as peças do bando que o acompanhava? Que ele concebia muitas das peças usadas pelos cangaceiros? Você sabe o significado das estrelas dos chapéus? Que as sandálias de couro tinham enfeites e correias que as prendiam aos tornozelos para aguentar o tranco das caminhadas pelo meio do mato? Que os cangaceiros que tinham o cabelo comprido o prendiam com pentes típicos dos penteados femininos? E que as roupas eram tão chamativas que podiam ser vistas de longe, até mesmo à noite?

Essas e outras curiosidades da vestimenta desses homens e mulheres do nosso passado recente ajudam a explicar melhor quem eram e o que faziam. Nos aproximar dessa estética nos faz entender um pouco mais também de quem somos e a entender o orgulho que essas pessoas sentiam de ser o que eram: homens e mulheres fora da lei e que queriam ser felizes assim.

Outra dica para saber um pouco mais sobre o livro é ver a entrevista que Frederico Pernambucano de Melo concedeu ao programa de Jô Soares na época do lançamento. Para facilitar a vida dos curiosos no assunto, eu trago os vídeos aqui.

Para quem gosta do assunto, sugiro um texto delicioso, profundo e completo da minha querida e talentosa amiga natalense Gladis Vivani, que tem o blog Salto Agulha. No post ela dá alguns detalhes e curiosidades sobre a moda e a estética do sertão, vale a pena. Para ver, clique aqui.

%d blogueiros gostam disto: